Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player




Warning: mysql_fetch_array(): supplied argument is not a valid MySQL result resource in /home/saofi719/public_html/meu_cadastro.php on line 7
Alterar

Warning: mysql_fetch_array(): supplied argument is not a valid MySQL result resource in /home/saofi719/public_html/alterar_cadastro.php on line 8
Nome:
Login:
Senha:
Estado:
Cidade:


banner





banner

banner





banner

banner





Online: 5

Notícias
   
Site










Online: 5
    Data: 04/05/17  às 23:32      

Médico fidelense Milton Vivas publica carta aberta na qual pede a diretoria do Hospital Armando Vidal que renuncie para o bem da população e da unidade hospitalar




A redação da revista eletrônica SF RJ acaba de receber uma carta aberta de um dos médicos que trabalha no Hospital Armando Vidal pedindo para que a atual diretoria do HAV renuncie. A carta é assinada pelo médico pediatra Dr. Milton Vivas.

Desde janeiro deste ano, há um impasse entre prefeitura e HAV que culminou no agravamento da crise nos últimos dias, quando, nesta quinta-feira (4), o sindicato dos profissionais da área de saúde de Campos dos Goytacazes determinou estado de greve dos funcionários, de modo ainda determinou que os serviços fossem suspensos na HAV por tempo indeterminado.

Por conta do impasse gerado entre o poder público municipal e a diretoria do HAV, funcionários e médicos do hospital estão há quase quatro meses sem receber seus salários, além do restante do 13º salário de 2015 e do 13º salário de 2016.

Ainda, além de toda a situação pela qual os funcionários passam, há, também, os trâmites na justiça que correm, mas ainda sem uma sentença resolutiva entre as partes. Entre os trâmites, encontram-se depósitos em juízo realizado pela prefeitura na semana passada, assim como um bloqueio de R$ 1.200.000,00 determinado pela justiça do TRT na conta da prefeitura para que fossem regularizados os salários dos funcionários, mas, por enquanto, nada ainda foi decidido a respeito.  

Diante da situação, boa parte da população está apreensiva, chocada e torcendo para que haja uma solução rápida – porque o HAV é um hospital filantrópico e única unidade hospitalar dentro do município cujos serviços de Emergência. Urgência e Maternidade são de responsabilidade da Prefeitura que, até dezembro de 2016, ainda tinha um contrato para que o hospital prestasse esses serviços.

Entretanto, a partir de janeiro, quando houve a tentativa de formalizar um novo contrato, daí começou o impasse que, segundo as informações – por questões legais e de exigências das certidões negativas, o contrato não pôde ser renovado porque o hospital encontra-se em débitos com FGTS e INSS.

E na noite desta quinta-feira (4), além de outros populares pedindo para que a diretoria renuncie – o médico Dr. Milton Vivas, que tem serviços prestados há anos no HAV, bem como já foi diretor clínico, publicou uma carta aberta pedindo também a renúncia da diretoria da atual diretoria.

Confira a carta na íntegra.

 

04/05/17 18:51:51: Dr Milton:

Jamais poderia imaginar que depois de 38 anos de trabalho ininterrupto no Hospital Armando Vidal, eu iria ver o Hospital chegar a uma situação tão triste, degradante e  preocupante...

O Hospital passou por muitas dificuldades: salários  atrasados,  por  diversas vezes, divergências entre funcionários e diretoria,  divergências com o poder público...

Mas, o diálogo, o equilíbrio e a compreensão sempre acabaram predominando. E a prestação de serviços à população jamais foi interrompida.

Hoje, vejo que já foram ultrapassados todos os limites do bom senso e do respeito ao próximo...

Famílias passando necessidades, vários médicos já abandonaram seus postos, por falta de pagamento...

Até quando vamos ouvir falar de ética?

Ficou insuportável!  E o pior é que as autoridades dos 3 poderes não conseguem chegar a uma decisão definitiva... Péssimo exemplo, partindo de pessoas  que  deveriam estar  desempenhando cargos ou funções ,  para os quais foram legalmente escolhidos...

Quanta incoerência e insensatez!!

Tantos discursos inflamados e convincentes, para que??

E a gente se pergunta: “e agora, José?" Quem vai juntar os cacos?

Foram 38 anos de muita luta e suor, mas nunca com tantas lágrimas...

Finalmente, publicamente e humildemente, faço um apelo ao Conselho e à Diretoria do Hospital, para que numa atitude de grandeza e dignidade, visando o bem de todos, desistam dessa contenda.  Entreguem seus cargos e deixem que outros assumam o destino do nosso Hospital...

Digo isso, por não conseguir vislumbrar outra saída...

Assinado: Dr Milton Vivas

 

 

















Copyright © 2001 - 2017  www.saofidelisrj.com.br | Todos os Direitos Reservados.

   empresa responsável Consultoria RP4 & Comunicação   Registro DRT/RJ nº 29740