Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player




Warning: mysql_fetch_array(): supplied argument is not a valid MySQL result resource in /home/saofi719/public_html/meu_cadastro.php on line 7
Alterar

Warning: mysql_fetch_array(): supplied argument is not a valid MySQL result resource in /home/saofi719/public_html/alterar_cadastro.php on line 8
Nome:
Login:
Senha:
Estado:
Cidade:








banner



banner

banner



banner

banner



Online: 7

Notícias
   
Site











Online: 7
    Data: 12/01/17  às 23:17      

Moradores do bairro Coroados acionam Ministério Público contra ENEL (antiga Ampla) pela empresa não trocar postes de luz que oferecem risco de queda.




Moradores do bairro Coroados recorreram ao Ministério Público na Tutela Coletiva em Campos dos Goytacazes, nesta quinta-feira (12), para denunciar a empresa concessionária ENEL (antiga Ampla) por não atender aos moradores que cansaram de esperar pela solicitação de troca de postes de luz que oferecem riscos de queda – sendo nos seguintes endereços: final da rua Dr. Jansen Alvim Lima (esquina com a Rua Vitorino Alves da Silva), bem como no loteamento dos Machados (em frente à pousada Beira Rio).

Em ambas as situações, os postes apresentam situações de risco de queda, pois, no primeiro endereço, constata-se que o poste ainda é daqueles antigos e está com rachaduras diversas - cuja fiação de alta tensão encontra-se instalada de forma irregular por estar sobre uma parte do telhado da laje de um dos moradores residentes na referida localidade.

Já no segundo endereço, qual seja, no loteamento dos Machado, há três postes totalmente inclinados e os quais oferecem riscos de queda. Um dos postes que oferece o maior risco de queda encontra-se à margem de um córrego. Vale ressaltar que nossa reportagem só em um dos endereços foram feitas três reportagens.

Cansados de ligarem para a empresa desde o ano passado, além de serem ignorados pelos ofícios enviados através da Associação Cultural Fidelense, inclusive à época, até para a administração foi enviado no sentido de o prefeito da época, pressionar a concessionária para tomar as providências, tendo em vista que é a prefeitura que arrecada com a taxa de iluminação pública. Mas, segundo informações passadas pelos moradores, nada foi feito.

Por Nelzimar Lacerda

 





















Copyright © 2001 - 2017  www.saofidelisrj.com.br | Todos os Direitos Reservados.

   empresa responsável Consultoria RP4 & Comunicação   Registro DRT/RJ nº 29740